26 de março de 2003

estou cansada...
tão cansada... parece que passaram o dia a bater-me...
sinto o corpo tão separadamente como entidades estranhas que se rejeitam...


e as imagens que nunca mais chegam até mim...

permaneço na escuridão da ignorância... ou na sua luz, ainda não decidi muito bem...