19 de março de 2003

há encontros que se fazem aparte do mundo...

e há pessoas como tu, de quem se gosta com a vida toda, assim, com a vida toda a abra�ar-te de uma só vez, uma única vez.

hoje apeteceia-me ser tudo e não ser eu, estalar os dedos, acordar deste sonho (sim tenho a certeza de estar a sonhar), e dizer-te "bom dia, deixa-me beijar os teus altos olhos nesta manhã que nos pede calor e água"

ainda aqui virei dizer-te mais coisas durante o dia de hoje... mas não agora... agora ainda é muito cedo para te dizer o que tenho a dizer-te mais...