30 de maio de 2003

rever o quarto em chamas � sempre um prazer...

reentrar em casa, descobrir as divis�es, o cheiro a novo, a luz que falta por n�o haver l�mpadas.... o que vale � que a Joana me ofereceu uma vela que tem aspira��es a ciro pascal e vai dando para ver os contornos dos m�veis que se escondem na obscuridade da meia noite... a varanda que abre o quarto ao mundo, os vidros que percorrem a parede e deixam entrar as janelas vizinhas, os olhares indiscretos das ilhas que se escondem por detr�s das fachadas pobres dos bragas....

entrar numa casa desconhecida, conhecer os gatos dos telhados vizinhos, amanhecer pelas dez horas do dia que se enche de sol e n�o nos deixa mais pernoitar.... uma cama verde... por estrear... por deitar....

Sem comentários: