7 de julho de 2003

estou completamente frustrada. desde sábado à noite... para ser mais exacta, desde sexta que ando frustrada mas, até sábado à noite era apenas no plano profissional... agora até o pessoal se arrastou para este folclore...

sábado à noite, festa com amigas... divertimento q.b. entremeado com chatices mais que bastantes... discussões ao fim da noite, sonhos conturbados ao início da manhã... um pequeno-almoço às cinco da tarde para fazer as pazes "e não ficarmos zangadas" porque "há uma ferida que não cura" dentro de mim... pelo menos alegadamente...

não há água quente em minha casa... e agora?

não faço a mínima ideia para onde ir estudar para quinta-feira. a verdade é que me apetecia ir para braga ou ofir... a verdade é que não me apetece nada senão pegar no carro e ir estudar para um sítio qualquer...

fechar as portas e deixar a casa ao abandono do escuro das persianas...