24 de setembro de 2003

(re)ver-te através dos meus olhos....

António Franco Alexandre
in Fábula


"Agora vai ser assim: nunca mais te verei.
Esste facto simples, que todos me dizem ser simples, trivial,
e humano. como um destino orgânico e sensato,
fica em mim como um muro imóvel, um aspecto esquecido
e altivo de todas as coisas, de todas as palavras.
Sempre nos separaram as circunstâncias, e a essência
mesma dos dias
, quando entre a relva e a copa das árvores
me esquecia de pensar, e o ar passava
por mim antes de erguer os caules verdes e alimentar
a vida sem imagens de paisagem. Marcávamos férias
em meses diferentes. O fim do ano, a páscoa, calhavam sempre
em outros dias.
Tesouras surdas
rompiam o cordão dos telefones, e por engano
urgentes cartas atravessavam o plantea, apareciam
anos depois no arquivo municipal. E mais: a minha idade,
a tua, não poderiam nunca encontrar-se no mundo
.
(...)"



aquele dia específico. encostados, os nossos ombros eu dizendo-te o poema o mais próximo do ouvido possível... tão próximo quanto as conveniências o permitiam... e depois, o senhor deste poema a deslumbrar-me...

vê bem, era sobre o mundo que te queria hoje falar...

19 de setembro de 2003

retorno nesta noite de calor, antes de te ligar, de te dizer "boa noite meu sorriso", venho aqui dizer que voltei... que abri os olhos e que vejo. que vejo bem. que tenho saudades do porto mas tenho mais saudades de ti.

descobri mew por causa de um favor e são eles que me fazem companhia esta noite... estou a tentar tirar um qualquer álbum de mandalay também mas está difícil... tá tudo em braga pelo encontro de weblogers. tenho pena de não ter ido...

fui no entanto a lisboa a semana passada.

conhecer-te foi uma sensação tão boa... a viagem de regresso feita com ansiedade de te rever... de te conhecer, de te reconhecer.
mais de seiscentos passos da minha à tua rua e mesmo assim são passos que quero dar e conhecer... reconhecer o teu verde olhar por entre os edificios...

quero fotografar-te. imortalizar a tua beleza num instante fotográfico...


vamos até à praia?

1 de setembro de 2003

been in a surgery... cannot write much... i'm ok. see ya (now i can see, i can see!!!!!!!!!!)