7 de junho de 2004

devia pensar em coisas importantes... era suposto pensar... e, neste momento, é o que menos quero...

ocupar-me, assistir assiduamente a todas e quaisquer aulas, ler muito, estudar, procurar apontamentos, organizar informações, fazer arrumações, limpar tudo, cozinhar, ligar a televisão... pensar "que concursos tão simples, que perguntas tão óbvias"... ver um filme, tirar apontamentos, não pensar, não pensar, não pensar, não pensar...


ontem era agulhas, daquelas grossas, que as nossas mães usavam quando nos faziam camisolas de lã, que se espetavam nas minhas fontes... dores de cabeça insuportáveis, dores de cabeça, ardor nos olhos e no fundo do estômago, dorees de cabeça, dores de cabeça, não pensar, dores de cabeça, não pensar, dores de cabeça...


não consigo pensar em ti sem que os meus olhos se afoguem...

Sem comentários: