28 de outubro de 2004

é como a história do principezinho e da raposa... (um dos clássicos!) preparo o meu coração para as duas e meia da manhã de terça-feira. ou de quarta, ou qulquer que seja o dia útil de tua vontade, para me ligares.

construo mensagens que escrevo em post-its e espalho pelo quarto. esfrego os olhos de cansaço.
visito esplanadas habitadas pelo sol de fim-de-semana, pelo ócio do jornal e de um café. o mar ao lado. dunas reconstruídas pelas mãos dos homens. e tu de pernas cruzadas, a explicares-me porque é que as intimidades são assim. tão simples como uma troca de sabores.

Sem comentários: