11 de julho de 2006

afinal....

afinal tenho escrito... curiosamente não tinha noção de que tenho andado a escrever, para além daquele que eu considerava o meu último poema...

e afinal, ao contrário do que eu pensava, tenho escrito umas coisas. como hoje, à vinda para casa, mais de uma página que me surgiu de repente, sem que eu esperasse...

e foi curioso como li uma entrevista (há tanto que a "ler" andava na minha mochila, de trás para a frente, entre viagens constantes sem tempo para ser lida) com o manuel antónio pina e, não consigo lembrar-me literalmente da frase mas a ideia era, a de nos surpreendermos connosco e com a nossa escrita. a escrita enquanto surpresa. e eu surpreendi-me. novamente, como há tanto não fazia, surpreendi-me. e vi que tenho poemas para te dizer que a vida não me permitiu...

há surpresas boas...

2 comentários:

DMNY disse...

fico contente :)

indigo des urtigues disse...

Nunca deixes de te surpreender com coisas boas!:)