27 de julho de 2006

sono...



hoje custou-me a acordar. aliás, hoje recusei-me a acordar durante 20 minutos inteiros (era o limite suportável para não chegar atrasada). mas só me apetece férias, mesmo sabendo que, ao fim de dois dias não sei o que fazer com tanto tempo por minha conta... à vezes acho que corro sérios riscos de me tornar uma workaholic... meto a cara no trabalho e o mundo desaparece. e eu não sou eu. só de manhã, quando o sono me assalta irremediavelmente e eu quero mais um bocadinho (só mais cinco minutos) para dormir profundamente... só aí tenho tempo para me lembrar de mim.

4 comentários:

anarquista_duvall disse...

já somos dois, que nos sirva de consolo ;)

Anónimo disse...

somos tres

.j.

gui disse...

quatro.

(vem rapido para termos mtos "só mais 5 minutos")

João Moita disse...

acho que faz 5. É estranho que 10 minutos depois de nos levantarmos já ninguém se lembra do que custou levantar... Tavez por isso nunca ninguém fez literatura sobre este tema. Suponho que pelo que custa acordar de manhã temos uma pequena noção do que nos custou sair das barrigas de nossas mães.