30 de março de 2007

bits and pieces

um pedaço de mim que não consigo resgatar.

subir à mais alta montanha do mundo. o mundo coberto de neve e branco e luz. cair pelas escarpas mais perigosas e mais ocultas

os corpos de todos os outros que tentaram antes de mim. todos juntos agora, soterrados por debaixo da neve fria e branca e luminosa.

longe do alcance de qualquer equipa de resgate. ao sabor das estações do ano, dos degelos, dos picos de calor abrasador, dos primeiros flocos de neve.

um peso morto oculto por debaixo de todas as condições climatéricas. um pedaço irrecuperável.

Sem comentários: