30 de abril de 2007

recurring



um passo atrás

dá só um passo atrás. ou dois. para que a distância seja suficiente. para que possamos ver completamente a linha do horizonte. deste horizonte.


espera um pouco. aguarda aquele momento que é o do contacto do sol com a linha que separa o céu do chão. deste chão.
espera só esse momento junto a mim.
é tudo o que te quero pedir.



Estranho é o sono que não te devolve.

Estranho é o sono que não te devolve.
Como é estrangeiro o sossego
de quem não espera recado.
Essa sombra como é a alma
de quem já só por dentro se ilumina
e surpreende
e por fora é
apenas peso de ser tarde.Como é
amargo não poder guardar-te
em chão mais próximo do coração.

Daniel Faria
de Explicação das Árvores e de Outros Animais
1998

20 de abril de 2007

you're my 645


Want to tell you that I love you because I really do. Want to give you the answers if you ask me to. Want to leave your door for the last time, want to leave the floor for the first time.
Leave the boys, leave the girls, leave it all behind… Trust your dreams, your thoughts it’s a matter of time. Run right, run left just don’t look back… Take this trip as your first step. Because the tears that we waste only make us blow, why we keep in Repeat this Antony song “forgive me, forgive me”
You know why tried to be simple, I tried a lie… everything is perfect from there, and you know I need you there.






mexe comigo. sei que já tenho um post com este título (pronto... a este propósito)

mas mexe comigo. mexes comigo. puxas-me os cabelos por dentro de mim, tocas-me por dentro e é como se tudo recomeçasse. como se pudesse voltar a acreditar que consigo andar, apesar de estar a cinco centímetros do chão. que posso respirar apesar de me tirares o fôlego.

que me deixo ir e perco o controlo....

i tried to be simple.
but you're my 645.

5 de abril de 2007

Gatos ao poder!

é já indiscutível que os gatos fedorentos são muito bons. mas este cartaz hoje posto ali na rotunda do marquês só vem confirmar isso.

a ver se não me esqueço de lá passar para me rir muito!


"Mais Imigração.
A melhor maneira de chatear os estrangeiros é obrigá-los a viver em Portugal.
Com os portugueses não vamos lá.
Nacionalismo é parvoíce"
foto tirada daqui

1 de abril de 2007

eyes wide open



one of us will die inside these arms

(tralálá.... cantarolo.... cuidado com o vidro do monitor)