30 de abril de 2007

recurring



um passo atrás

dá só um passo atrás. ou dois. para que a distância seja suficiente. para que possamos ver completamente a linha do horizonte. deste horizonte.


espera um pouco. aguarda aquele momento que é o do contacto do sol com a linha que separa o céu do chão. deste chão.
espera só esse momento junto a mim.
é tudo o que te quero pedir.



Estranho é o sono que não te devolve.

Estranho é o sono que não te devolve.
Como é estrangeiro o sossego
de quem não espera recado.
Essa sombra como é a alma
de quem já só por dentro se ilumina
e surpreende
e por fora é
apenas peso de ser tarde.Como é
amargo não poder guardar-te
em chão mais próximo do coração.

Daniel Faria
de Explicação das Árvores e de Outros Animais
1998

14 comentários:

Johnny disse...

leitura muy interesante :D vou tando cada vez +atento :P beso

Anónimo disse...

Por mais que algém te deseje amar, ler estas palavras reflectem o que ainda nao esqueceste dentro de ti

.....e Capricórnia sou eu!!! disse...

Miuda mais que gira,

que durante o nosso percurso de vida, nós possamos estar sentadas ao lado de quem mais gostamos, e de quem nos sentimos bem!..... a ver o por do sol, a linha do horizonte,o que seja, a apreciar todas as brisas que passam por nós, e nos fazem sentir vivas e nos fazem seguir em frente!

Excelente escolha musical!
;)

O besso guapa!

indigo des urtigues disse...

:) ..."A noite é linda, me espera adormecer Não vá ainda, não, não vá ainda..."

Olhaaa, acho q são os astros...mas a primavera está aì;)

Beijos e miminhos!

Anónimo disse...

vi-te outro dia e quis falar-te. e queria olhar dentro dos teus olhos. mas tive medo. dei um passo em frente mas depois de ver que não me viste, recuei ao meu copo de vodka maracujá. sem te entender. entendo? :)
falámos, mas não te lembras do som da minha voz. :D

speechless disse...

se me entendes? não sei. entenderás?
quanto ao som da tua voz... como sabes?

Anónimo disse...

sem te conhecer bem la no fundo, fica complicado dizer se entendo.
e o som da minha voz ficou filtrado pelo ruído ambiente, diluido na expressão do diálogo que não sei se consumámos.
:)
A.

speechless disse...

ou isso foi muito álcool ou foram desejos contidos. "what if's..." a mais.

A será a primeira letra do alfabeto e, por enquanto, nada mais...

Annie disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

:) segunda hipótese. o copo ia no início. vais ficar surpreendida quando souberes quem sou. :) mail? messenger?
a.

.....e Capricórnia sou eu!!! disse...

Mau mau mau mau.....

mas afinal o que vem a ser isto????
Miuda gira....afinal andam-se a meter contigo mas nao têm coragem de te dirigir a palavra nem tão pouco dizer o nome????

Aaiiiiii..... e se fores comprometida???É muito bonito sim srª!!!Esta menina.....devia de ser no minimo....mais respeitadora....ou ser bem mais frontal.....digo eu!!!????
De qualquer forma.....se for preciso.....a "tia" tá aqui para impor um pouco de respeito!!!
Aaaaaaaiiiiiiii

...tstststs.....anonimo....e depois "A"....bahhhhh!!!

O meu besso miuda mais que gira!!

speechless disse...

é só usar o endereço de email (no canto superior direito...)

Anónimo disse...

Tia Capricórnia, o mistério tb tem o seu sabor bom. não achas? se desrespeitei a miuda gira, ela, que tem o dom da palavra, que se manifeste. mais frontal? serei sempre, daqui para a frente. :D
E uma Tia Capricórnia impõe sempre respeito.

Speechless, c'est moi. mistery, eitherway?

... No Cosmos

speechless disse...

and the plot thickens