13 de outubro de 2011

se bem te recordas...

houve um dia em que tudo desapareceu. não reconhecias mais o mundo porque nada nele te lembrava de ti. e voltaste a ver tudo pela primeira vez. lentamente, o sangue voltou a correr, urgentemente, pelas veias.

se bem te recordas...

não tens coração que consiga manter o ritmo durante muito tempo. afinal de contas, é um coração que bate devagar. muito devagar.

12 de outubro de 2011

I like to keep some things to myself


It's a shot in the dark and right at my throat

com duas pedras na mão

falou-me com duas pedras na mão
eu atirei-lhas de volta
por pouco não lhe rachei a cabeça
parti o vidro duma montra
ficou parecida com uma teia de aranha
chovesse, então, era uma maravilha
veio um polícia e levou-me
bem lhe expliquei a situação
visivelmente não compreendeu
que uma metáfora por vezes
tem consequências pouco legais
multou-me e aconselhou-me
a não reincidir
coisa que fiz logo de seguida

Bénédicte Houart in Aluimentos