22 de março de 2012

ainda lembro todos os primeiros pormenores. o que tínhamos vestido. a maneira como a cor da minha pele era bastante mais escura. a maneira como estremeceste quando entrei no carro. quase sentindo o teu coração contra o meu peito, apesar de não me teres tocado ainda. apesar de ainda não nos termos abraçado. e o teu olhar. recordo o teu olhar, fugindo do meu, procurando o meu.

ainda sinto todos os primeiros pormenores. a entrada de um prédio, o mármore cinzento, frio nas minhas costas. a tua mão quente, descendo pelas minhas pernas. o que tinha vestido, o que tinhas vestido e o que eu pensava que o futuro me reservava.

1 comentário:

Carochinha disse...

Filhota tens um desafio lançado no meu tasco! Anda, vai lá, e faz-te à vida! ;)