1 de janeiro de 2013

esperar pacientemente pelo inverno para ouvir, dentro de ti, as constelações respiratórias que trazes contigo. "é nesta altura do ano que se ouvem melhor", dizes-me tu ao ouvido. e eu não tenho porque duvidar.


Sem comentários: